Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2009

Primeiros Erros - Capital Inicial

Para quem acredita que minha predilação musical afeta pouco o nacional, está certo, mas tenho aqui uma música plausível composta por Kiko Zambianchi , interpretada pelo grupo Capital Inicial. abçs





Meu caminho é cada manhã
Não procure saber onde estou
Meu destino não é de ninguém
E eu não deixo os meus passos no chão
Se você não entende não vê
Se não me vê não me entende

Não procure saber onde estou
Se o meu jeito te surpreende
Se o meu corpo virasse sol
Se a minha mente virasse sol
Mas só chove, chove
Chove, chove

Se um dia eu pudesse ver
Meu passado inteiro
E fizesse parar de chover
Nos primeiros erros
Meu corpo viraria sol
Minha mente viraria sol
Mas só chove, chove
Chove, chove (2x)

Meu corpo viraria sol
Minha mente viraria
Mas só chove, chove
Chove, chove
Meu corpo viraria sol
Minha mente viraria sol
Mas só chove, chove
Chove, chove

"A arte de tornar a verdade manejável como arma" parte II [final]

Continuando...

Democracia... a palavra é belíssima e segundo alguns é a característica fundamental para que o Governo se diferencie de uma ditadura. A etimologia é ainda mais bela que a teoria: Demo = Povo - cracia = Governo, sendo assim um primeiro falso conceito "Governo do Povo". Acontece que a teoria correta é que o povo elege seus representantes, e representantes em nome do povo governa e não a idéia de todo mundo pode.
Até aqui falamos das teorias, que são apenas teorias meeesmo! O fato é que a Democracia criou uma estratificação estranha: por algum motivo alheio à atual discussão, nós votamos e escolhemos quem está no poder e nos sentimos inferiores à eles! Brecht comenta que a Democracia vem para esconder a realidade, as pessoas são tão exploradas quanto no fascismo. Perdem saúde e a vida trabalhando e não lucrando, apenas recebendo um mínimo salário (salário mínimo algumas vezes) que não aumenta de acordo com o crescimento econômico, mas diminui quando o país tem défi…

"A arte de tornar a verdade manejável como arma" parte I

Contrariando regras do meu dicionário de ética e moralidade ( e modos convencionais de postar uma discussão no blog) resolvi não me demorar para publicar um ou outro ponto de vista à respeito de um texto que está sendo trabalhado com os alunos de Sociedade, Cultura e Educação na UCG. Vou me atar à idéia ( ou desejo) que ninguém da faculdade encontre esse post antes da apresentação com meu grupo à respeito do texto. O texto é "As cinco dificuldade para escrever a verdade social"* de Bertolt Brecht ( lê se Bertold' Brexi). O tópico que pretendo discutir em meias palavras e possivelmente dividindo o tema em dois posts vamos trabalhar "A arte de tornar a verdade manejável como arma". Mas antes de começar com o texto "propriamente dito" vamos às considerações:
Todas as vezes que venho aqui postar, sobre o que mais penso e que mais discuto é com relação à verdade. O que é verdade? Cada um de nós temos as nossas, e ainda verdade que são adotadas por…

I Don't Want To Miss A Thing - Aerosmith

Para não desatualizar. Em breve discussão de Bertolt Brecht sobre "A Verdade Manejada como Arma". Abçs







I could stay awake just to hear you breathing
Watch you smile while you are sleeping
While you´re far away and dreaming
I could spend my life in this sweet surrender
I could stay lost in this moment forever
Well, every moment spent with you
Is a moment I treasure

I don´t wanna close my eyes
I don´t wanna fall asleep
´Cause I´d miss you, babe
And I don´t wanna miss a thing
´Cause even when I dream of you
The sweetest dream will never do
I´d still miss you, babe
And I don´t wanna miss a thing

Lying close to you
Feeling your heart beating
And I´m wondering what you´re dreaming
Wondering if it´s me you´re seeing
Then I kiss your eyes and thank God we´re together
And I just wanna stay with you
In this moment forever, forever and ever

I don´t wanna close my eyes
I don´t wanna fall asleep
´Cause I´d miss you, babe
And I don´t wanna miss a thing
´Cause even when I dream of you
The sweetest dream will never do

Savin' Me - Nickelback (Sweeney Todd)

Prison gates won't open up for me
On these hands and knees I'm crawlin'
Oh, I reach for you
Well I'm terrified of these four walls
These iron bars can't hold my soul in
All I need is you
Come please I'm callin'
And oh I scream for you
Hurry I'm fallin'

Show me what it's like
To be the last one standing
And teach me wrong from right
And I'll show you what I can be
Say it for me
Say it to me
And I'll leave this life behind me
Say it if it's worth saving me

Heaven's gates won't open up for me
With these broken wings I'm fallin'
And all I see is you
These city walls ain't got no love for me
I'm on the ledge of the eighteenth story
And oh I scream for you
Come please I'm callin'
And all I need from you
Hurry I'm fallin'

Show me what it's like
To be the last one standing
And teach me wrong from right
And I'll show you what I can be
Say it for me
Say it to me
And I'll leave this life behind me
Say it if it's worth sav…

Crise de identidade I

Ontem no ponto de ônibus, na volta do Animash, uma senhora me disse " Como alguns caminhos são perigosos!" e se calou. Foi apenas isso que ela disse, mais nada, o silênco tomou o ponto e por dez minutos chorei sem parar. Não sei exatamente por que, mas talvez no fundo eu só não queria admitir que eu estou sim tomando caminhos perigosos.
Ameaça de morte? Não,com certeza não. Sou uma pessoa que acredita que a morte é liberdade, há tantas coisas na vida que são mais perigosas que morrer! Tão mais torturantes, que eu mesma não temo a morte, mas temo a vida.
O fato é que em alguns momentos valorizamos pessoas que não merecem valor da minha parte, fazemos coisas, que não deveriam nem serem pensadas em serem feita e mais do que nunca passo por isso... eu na minha eterna solidão.
Sou rodeada de pessoas, não esperaria menos de alguém que tenta fazer todo mundo feliz independente das consequências.. mas a pior consequência de tudo isso tem me afetado de tal forma que me leva à uma certa…

Post Especial

Observem o Design...
O artista? Paulo Vitor, o mesmo responsável pelo "banner" do blog da Mundo Paralello Cosplay, e é com muita alegria que deixo aqui o site do grupo PHIC, especializado em Web Design, Identidade Visual e Design Visual! Altamente Recomendado


Abçs

Face BSBGirl

Falando em identidade, é impossível eu não citar a minha identidade pré-adolescente, uma porque me peguei hoje cantando uma música deles, outra que ontem mesmo estava lembrando do meu favoritismo por Nicholas Gene Carter, aniversariante do dia 28 de janeiro (acho que nunca vou me esquecer!!!) e de uma amiga que sumiu, Ana Karla (Kakau)que amava o A.J. (Alexsander James) que posteriormente saiu na mídia como um alcóolatra em centro de recuperação, e o posts abaixo me dão uma abertura para falar da menina que cantava e dançava a coreografia...
"Show Me The Meaning Of Being Lonely" é uma das minha músicas preferidas de BackStreet Boys, principalmente pelo clipe. As cenas do clipe original falam sobre os problemas mais terríveis que Brian, A.J. e Kevin tiveram que enfrentar ( Howie D e Nick nem me perguntem ^^'). Brian e seu problema no coração, A.J. e sua paixão pela namorada morta em um acidente e Kevin pela morte de seu pai quando ainda era criança.

[ Se algum dado estiver…

Mas quem é você?

Complementando aquele post econômico ( frases para colocar no orkut/MSN como pode ser intitulado)e outro em que explorei a pergunta cabulosa do Orkut "quem sou eu?". Agora sou eu que pergunto à você... Quem é Você?
Uma pessoa pode ser definida pela música que ouve? Ou pelos amigos que têm? Ou ainda pelos lugares que frequenta? Ou melhor, pela a roupa que veste? Acredito que nenhuma dessas é a resposta. O que tem de errado com essa pergunta não é os substantivos música, amigos, lugares ou roupas, mas o verbo "Definir".
Nós não definimos pessoas, até porque nem elas mesmas se definem. A cor do meu/seu cabelo de hoje com certeza não será a mesma daqui à 20 anos, queira eu/vc pintar ou não, e isso vale até mesmo para os valores, amigos e os lugares que frequenta.
E os relacionamentos de nível superior? ( namoro, casamento,noivado) Aí que fica a magia da relação, ninguém é o mesmo, com o tempo se deixa qualidades e se adquire novas, se deixa defeitos e adquire novos. Não …

Saudações terráqueos e não terráqueos

Como não posto há algum tempo vou tirar o atraso das postagens por favor ¬¬
Como só tenho uma discussão boa que pretendo deixar como continuidade desse post vou colocar algo inútil para uns ( em sua maioria caros-não-leitores) e útil para quem se sente em constante mudança e não consegue se definir exatamente, aqui vai seu consolo caro colega:


Eu Sou Mil Possíveis Em Mim; Mas Não Posso Me Resignar A Querer Apenas Um Deles (André Gide)

Ninguém Pode Ser Escravo De Sua Identidade; Quando Surge Uma Possibilidade De Mudança é Preciso Mudar (Elliot Gould)

"O combate que travam em cada indivíduo o fanático e o impostor faz com que não saibamos nunca a quem nos dirigir"
( Emil Michel Cioran)

"Nós não nos transformamos sem consciência, embora nem toda consciência seja transformadora." (Gélio Albuquerque)

"Se não podes ser o que és, sê com sinceridade o que podes."
(Autor Desconhecido)

"Nossa personalidade é uma invenção dos outros."(Marcel Proust)

"És quem p…