Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

O Corpo II - Que canta e dança

Pelo visto estou em onda de fazer posts seriais, mas assuntos me chamam a atenção serialmente, e postar no mesmo dia duas vezes é pra compensar um dos posts que desgostei ...

Expostas as armadilhas da postagem vamos ao assunto que tá me enchendo a timeline e paciência: Miley Cyrus VMA :

Aos comentários que já li:

- Está com a bunda mole
- Em decadência
- Age que nem um prostituta


     Qualquer um deles é apenas o reflexo de uma sociedade que é capaz de se mobilizar em prol da defesa de "moral e bons costumes", mas não se assusta enquanto crianças morrem sufocadas com armas biológicas. Veja bem, não se trata de um juízo de valor dos que discursam, mas uma análise desconstrutiva do que a sociedade, hipócrita, que tem se preocupado exacerbadamente com futilidades.       Dando continuidade ao pensamento da parte I , o corpo pertence à Cyrus, ali não se viu nudez, mas gestos que incitavam a prática do sexo, blog e notícias descrevem a imagem da forma mais degradante possíve…

Conto Parte IV - Mudanças

Viajou. No aeroporto um cavalheiro segurava o nome da agência em um A4. Não se lembrava como ali fazia frio, não mais frio de onde tivera o primeiro encontro com Ele...estava ela novamente se deixando levar pelas lembranças Dele, e de quando estavam juntos. Ajeitou suas malas,  e entrou no carro com seus colegas.
       Olhando pela janela pôde ver que a cidade parecia morta, seus prédios eram frios, tornavam a cidade menos humana, em pleno meio-dia quem caminhava pelas ruas certamente estavam trabalhando, correndo com seu almoço para voltar a tempo de adiantar o serviço ou de tirar um cochilo.
       Voltou seus olhos para os integrantes do carro, seus colegas formavam certamente um belo casal, viviam um romance as escondidas, ela sempre fizera vistas grossas a esse tipo de relação, mas notara desde o primeiro dia em que contratou o jovem , as olhadas rápidas, tímidas, depois piscadelas, toques breves entre ele e quem considerava a sua mais fiel funcionária. Não sabia explicar…

O Corpo

Imagem
Dando uma pausa no conto. Queria tratar de algo que tem me inquietado: corpos.
      Quem  já teve a oportunidade de entrar nessa assunto comigo sabe que sou àquela que se incomoda com os tabus que giram em torno do que é natural, falo exatamente da imagem, dos corpos, da estigmatização do pecado na nudez, quando que nossos corpos não passam de uma arte divina.        Oras, quanto medo, terror em torno dos genitais, quanta repulsa e quanta opressão, são corpos, são para ser amados, sobretudo por si. Não são apenas reprodutores, ou objetos para modelação segundo o padrão da sociedade, seu corpo é você, sua identidade, é o seu " sim", é o seu "não".         Neste ponto - e não direi que em 100% ,pois não conheço todas as causas - sou completamente a favor da Marcha das Vadias. Uma mulher sair semi-nua ou nua dizendo  "este é o meu corpo" é a mensagem mais significativa que uma mulher pode passar nos temos de hoje.         Mulheres, minhas amadas, nem a míd…