Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2010

Tiziano Ferro - Imbranato

Esse post me deixou um tanto apaixonada... e apesar do meu gosto musical ser mais eclético, vou me limitar só a mensagem....

Em relação à relação

Disse no post do vídeo de Beirut que iria adotar o tema que o Marcus tinha me falado: sobre a proibição de homossexuais doarem sangue. Mas tive uma discussão bem produtiva essa tarde que me rendeu mais um tema de "achismo pessoal" e mais uma vez permeiando minha eterna dúvida - relacionamentos.
O Início.
Sou grande fã da idéia de Gikovate sobre a nossa necessidade de se unir e quando unido a necessidade de ser solteiro, pelas privações sofridas. No momento de união porém já fica subentendido todos os encargos sociais que a relação a dois acarretam, não significa o enclausuramento de ambos, mas definitivamente, não é possível continuar sobre o jugo dos conceitos de solterisse, bem como, uma vez solteiro, sofre-se as consequências de se sentir sempre só, em sentido mais sentimental que físico, ainda que o solteiro preserve algum tipo de relação instável.
O Meio.
Por experiência própria, observo que a relação ideal deve ter o fator respeito como base, e não se l…

Música (2/2) Wonderlust King - Gogol Bordello

Tanto de Beirut quanto de Gogol peguei as músicas mais famosas, mas vale a pena escutar todas as outras também....



Wonderlust King Gogol Bordello Composição: Eugene Hutz
Back in the day, yo as we learned A man was not considered to be Considered to be fully grown Has he not gone beyond the hills Has he not crossed the seven seas Yeah, seven seas at least Now all them jokers kept around Just like the scarecrows in hometown Yeah, scarecrows in hometown From screen to screen they're travelling But I'm a wonderlust king I stay on the run Let me out Let me be gone In the world beat-up road sign I saw new history of time New history of - Through Siberian woods Breaking up their neck Yeah, breaking up their neck Chinese moving in, building discoteques Yeah, building discoteques Tran-Siberian sex toys and whatnot Yeah, why not? Well, at least it's something different From what they got in every other airport Je ne Jevrei, no koje-chto pohozhe Sovrat ne dast ni Yura ni Seryozha! Simply because I'm not a total…

Música (1/2) - Elephant Gun - Beirut

O Marcus me propôs um tema interessante para trabalhar aqui no blog, mas preciso de mais tempo de reflexão, pra não sair escrevendo qualquer abobrinha. Até lá vou postar duas músicas de ritmos alternativos, lá vai a primeira. Abçs




Elephant Gun - Beirut Composição: Ryan Condon; Zach Condon
If I was young, I'd flee this town I'd bury my dreams underground As did I, we drink to die, we drink tonight Far from home, elephant gun Let's take them down one by one We'll lay it down, it's not been found, it's not around Let the seasons begin - it rolls right on Let the seasons begin - take the big king down Let the seasons begin - it rolls right on Let the seasons begin - take the big king down And it rips through the silence of our camp at night And it rips through the night And it rips through the silence of our camp at night And it rips through the silence, all that is left is all That I hide


Mágico, O Teatro

Imagem
De Ontem em Diante...
...serei o que sou no instante agora Onde ontem, hoje e amanhã são a mesma coisa Sem a idéia ilusória de que o dia, a noite e a madrugada são coisas distintas Separadas pelo canto de um galo velho Eu apóstolo contigo que não sabes do evangelho Do versículo e da profecia Quem surgiu primeiro? o antes, o outrora, a noite ou o dia? Minha vida inteira é meu dia inteiro Meus dilúvios imaginários ainda faço no chuveiro! Minha mochila de lanches? É minha marmita requentada em banho maria! Minha mamadeira de leite em pó É cerveja gelada na padaria Meu banho no tanque? É lavar carro com mangueira E se antes um pedaço de maçã Hoje quero a fruta inteira E da fruta tiro a polpa... da puta tiro a roupa Da luta não me retiro Me atiro do alto e que me atirem no peito Da luta não me retiro... Todo dia de manhã é nostalgia das besteiras que fizemos ontem
(De Ontem em Diante - O Teatro Mágico)


O Pulso - Titãs

Postagem para atualização – Pensando…

Imagem
Mais uma postagem para me lembrar, e lembrar ocasionalmente à leitores que passam por aqui, que este blog ainda existe. As desculpas cabíveis ao abondono, no entanto, não se limitam mais uma vez ao tédio ou simplesmente preguiça, ou ainda à falta de internet, já que tenho alguma disponível gentilmente cedida. Na verdade, é melhor não arranjar qualquer desculpa, basta propor algum tema…   Vou me voltar para essa problemática de querer obter posse do conhecimento, como já não é segredo, sou pessoalmente, profissionalmente e outros “entes” desejosa de obter todo conhecimento seja qual for e seja de onde partir, mas a curiosidade e a busca que te levam a tal podem ser extremamente danosos visto que nem sempre se está preparado para observar e admitir a “verdade” ( e esta sempre relativa)    Já se dizia “a ignorância é uma benção” e de fato, ela não te desespera, não te angustia e não obriga vc a desconstruir e reconstruir sua realidade e identidade todos os dias. Diz-se também “pensar…