Perfil

Minha foto

Historiadora/Professora de História e para sempre estudante. 

Seguidores

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

1º post do ano

FELIZ ANO NOVO

Muita paz, saúde, amor e felicidade para o lar de todo mundo! Qualquer problema, entrega na mão do Paizão lá em cima que Ele resolve ^-^

Saudações à parte, neste primeiro post do ano não pude preparar nada de melhor o.O considero que o melhor já aconteceu com todo mundo ^-^ esperança renovada, alianças refeitas e bom, tenho me preparado para tocar em um assunto delicado que fez parte da minha vida antiga , do ano passado...no entanto quero me preparar bem , pois pretendo alertar , e não fazer apologia à crenças ruins...

Então deixemos isso para outro post.

Além da renovação, agora batizada com o Espírito Santo, puder ver de perto como é realmente ceiar com o coração e a alma limpos \o/ e refazer minha Aliança com meu amado Deus que de tudo tem feito de bom na minha vida. Primeiro post, é justo eu dar aqui o testemunho que um dia, com a graça Dele , darei na Igreja.

Há 8 anos sofro com uma dor dita incurável pelos médicos e ignorada pela maioria das pessoas. Considerada anteriormente como '' dor de gente fresca'', a enxaqueca tem vitimado cada vez mais pessoas nos últimos anos, a razão de tudo isso é a nossa cultural má alimentação, o estresse, os desequilibrios hormonais devido adição destes nas carnes.
A enxaqueca até então é ignorada pois além de ter vários fatores que ativem a dor, não há exames para comprovar o diagnóstico - que é feito através de observação sintomática - a cura também não é sólida, a solução para quem tem a dor de forma crônica é um tratamento profiláxico com remédios que , em sua maioria, são indicados também à quem possui ataque epilético.
A instensidade de uma crise pode ser comparada à intensidade da dor de um parto normal ou ainda de uma pedra passando pela uretra, devido à isso é necessário socorrer para que o cérebro não sofra uma 'pane',pelo o que me foi explicado convulsões podem surgir no ápice da crise. Há medicações que tratam os sintomas de forma eficaz, no meu caso apenas medicações com aplicação intravenal aliviavam.
Eu tive crises nesses oito anos com no máximo 15 dias de espaço entre um ataque ou outro, por várias vezes e variados motivos recorri aos pronto-socorros em que, dava entrada e saia duas horas depois totalmente dopada à ponto de sequer andar. A enxaqueca não mata, para alguns isso sim é alívio, mas durante uma crise muitas vezes desejei que aquilo fosse mais sólido, que me levasse á um fim, no entanto tudo que escutava dos médicos era " Não tem cura" e " Se um dia passar será apenas depois dos 50". São palavras duras e difíceis, que apenas eu e meus pais sabíamos o quanto feriam e desanimava.
Fiz tratamentos de todos os jeitos, procurei curas em todas seitas e religiões. Simpatias e remédios eram parte do meu dia-adia, mas eu não podia aceitar a dependência de um produto químico para sobreviver, por várias vezes tentei abandonar os medicamentos por conta própria, resultado: novas crises surgiam na sequência.
O último que utilizei (cerca de dois anos) foi o Depakote, um dos médicos disse que se eu suspendesse , por qualquer motivo, o medicamento, deveria consultá-lo pois eu teria chance de ter ataques epiléticos - foi aí que pensei o.O Meu Deus, enxaqueca e agora ameaça de epilepsia??? Não entendia bem a lógica, e sinceramente não entendo, o fato é que desde que encontrei Deus e aceitei Jesus como meu salvador, ignorei o fato e larguei do remédio. ( Sei sei, eu achava essa frase tão quadrada, mas aceitar Jesus é reconhecer que Ele sofreu e morreu para perdão de todos os nossos pecados, num ato de grande amor, morrer pelos que te amaram e pelos que te feriram..me pergunto se haveria alguém tão tão incrível, tão fantástico assim nos dias de hoje...)
Um dia, dois, 60 dias se passaram e nada de epilepsia, nem crises que me levassem ao hospital, no entanto continuava tendo crises , mais amenas, mas ainda crises de enxaqueca. Meu coração começou a ficar revolto até que um dia em um culto escutei um pastor falando "Deus nunca se esquece de vc, Ele sempre está trabalhando mesmo que às vezes se emudeça..mas pensa comigo irmão, como Deus lhe dará uma fazenda se vc não sabe criar vacas? Aquela terra vai ruir, o plano de Deus é perfeito"
Parei, pensei o.o' orei bastante e putz!!! Era aquilo ! Tudo na vida tem um próposito, acredito nisso mesmo antes de saber andar direito, como pude me esquecer !!! >.<>
É óbvio que tenho fé sim que minha cura virá, mas não tem mais desespero ainda mais que sei que estou na mão do Médico dos médicos, se não for por Ele né não tem como ser por outro! =P

Claro que essa história continua e ainda terei outras grandes histórias, essa é apenas uma das vááááárias bençãos que eu tenho recebido do Papai *¬*

Fiquem com Deus
=***


PS.: Se souber de alguém que utiliza o medicamento Depakote, me procura pelo e-mail yagami.maria@hotmail.com. Tenho medicamento sem uso aqui ainda

0 opiniões: